Artigos e Novidades


Introdução a Hipnose
Terapia na Web - 21/05/2018


    Já ouviu falar sobre Hipnose? Provavelmente sim. Porém, embora essa ideia seja carregada de simbolismos, no contexto terapêutico trata-se de uma ferramenta eficaz no acompanhamento de alguns casos. Atualmente as técnicas de Hipnose começam a se propagar, devido aos benefícios divulgados por pesquisas científicas e resultados clínicos obtidos (Hipnose Clínica), e também ao alcance amplo e variado de público dos hipnotizadores que a utilizam na forma demonstrativa (Hipnose de Palco). Esta última – vinculada a YouTube, programas de televisão, shows de teatro –, com suas demonstrações exorbitantes e impactantes podem deixar uma impressão mística em seus espectadores/telespectadores.

      Mas é preciso levar em consideração que antes de uma apresentação de técnica de hipnose, se trata de um show, e como tal cada ato, fala e posicionamento no palco são pensados e realizados para atingir o objetivo principal de surpreender a todos e de atrair cada vez mais público. Essas "surpresas" também acontecem no ambiente clínico. Como aponta Schultz¹, o estado de sugestionabilidade criado pelo transe hipnótico permite com que a pessoa suspenda seu censo crítico por um momento, crendo no que está a acontecer e sentido as transformações da mesma. É preciso então diferenciar o efeito que a hipnose possui, trabalhando com a sugestionabilidade, e o efeito placebo. Uma descrição comum de placebo surge quando um indivíduo consome um medicamento falso, sem o conhecimento de sua falsidade, e obtém resultados similares a outros indivíduos que consumiram as medicações adequadas.

     Já na hipnose, a pessoa é informada de antemão que o que acontece com ela são resultados de processos imaginativos, mas que possuem efeitos sobre ela, e que a ajudarão a melhorar ou a alcançar um resultado desejado. Mas o que de fato é a Hipnose? Para responder essa pergunta resgatamos a definição que tem seus princípios baseados nos ensinamentos de Milton Erickson, criado da Hipnose Ericksoniana, embora existam outras escolas de Hipnose que a defendem de sua maneira. Logo, a hipnose é um estado psicológico natural, que pode ser induzido por outra pessoa ou pela própria, propositalmente ou não², onde a atenção é direcionada a pontos, características ou sentimentos específicos e pode haver uma suspensão breve do senso crítico. Esse estado permite que a hipnose promova benefícios para: emagrecimento, parar de fumar, focalização nas metas, aumento de rendimento, entre outros.

     O alcance das técnicas de hipnose e seus resultados dependem da criatividade do psicólogo e da relação estabelecida com seu cliente. Por hora o texto é encerrado, mas não o assunto. Em breve voltaremos a divulgar textos que apresentarão também a aplicabilidade de técnicas de hipnose nos campos da Psicologia e Psicologia do Esporte.

Em caso de dúvidas entre em contato! Estamos à sua disposição,

pois sua meta também é a nossa!

Fontes:

[1] SCHULTZ, J. H. O treinamento autógeno. 1967.

[2] FERREIRA, M. V. C. Hipnose na Prática Clínica. 2003.

Confira Outros Artigos e Novidades


Terapia Online é eficaz?
Terapia na Web - 22/02/2019


Sim, e pode ser mais do que você pensa!

ver mais

EMDR em Maringá e Online
Terapia na Web - 07/11/2018


EMDR: entenda como é essa abordagem terapêutica.

ver mais

Hipnose em Maringá e Online - Entenda como funciona a Hipnoterapia
Terapia na Web - 05/11/2018


Hipnoterapia: uma breve explanação sobre

ver mais

PSICOLOGIA DO ESPORTE
Terapia na Web - 21/05/2018


Entenda um pouco mais sobre a Psicologia do Esporte e como ela pode te ajudar nos seus exercícios e hábitos de vida

ver mais

A Hipocrisia da Paz
Terapia na Web - 21/05/2018


Entenda um pouco mais sobre a agressividade nos jogos de futebol

ver mais