Terapia na Web

Terapia Online: O que é? Como Funciona?

Você sabe o que é Terapia Online? Está na dúvida se é a abordagem ideal para você? Neste artigo, vou responder as questões mais frequentes sobre a Terapia Online. 

O número de pessoas buscando por psicoterapia só aumenta, e os motivos são inúmeros.

Pressão social, cobranças familiares, expectativas pessoais, traumas, medos e a constante presença de redes sociais em nossas vidas acabam gerando um estado de angústia constante.

É paralisante, principalmente quando esses problemas se acumulam. Nos sentimos presos e perdidos.

Ao fim de um longo dia, às vezes até mesmo no começo, tudo o que queremos é ficar no nosso cantinho distraindo a mente, sem lembrar dos sentimentos e problemas que enterramos.

Mas a gente sabe que eles estão lá, ansiosos para sair, e ao menor sinal de que algo não está bem, partem para o ataque! Gerando crises, desequilíbrios físicos e emocionais. Sim, esses são nossos traumas.

Embora essa situação seja cada vez mais comum, as barreiras físicas impedem que grande parte das pessoas faça psicoterapia.

Enfrentar o trânsito, o transporte público lotado, encontrar tempo e energia para resolver problemas quando já nos sentimos física e mentalmente esgotados.

Exatamente por isso, a procura por novas formas de atendimento tem aumentado, como a terapia online.

Uma solução mais cômoda e econômica, tanto para o paciente quanto para o profissional, a terapia online oferece acessibilidade, conforto e praticidade.

Neste artigo vou esclarecer todas as suas dúvidas sobre o que é a psicoterapia online e como ela funciona.

O que é psicoterapia?

Psicoterapia é um processo terapêutico com objetivo é restabelecer a saúde mental de indivíduos, casais e grupos de pessoas.

Na medicina, as terapias são referidas como um tipo de cuidado. A fisioterapia, por exemplo, é o cuidado oferecido a uma parte do corpo lesionada.

A palavra psicoterapia tem origem no grego e é formada pela junção de duas palavras: psykhé significa mente, já therapeia é ato de curar ou restabelecer algo que foi perdido.

Normalmente, o que nos leva à terapia é a perda de nossa autonomia, e é importante frisar que o objetivo do psicoterapeuta é justamente devolver ao paciente sua autonomia perdida.

Desequilíbrios de cunho mental e emocional afetam todo nosso organismo, e é por isso que a psicoterapia é tão importante.

Uma mente em desequilíbrio pode gerar desde problemas sociais, comportamentos ansiosos e autodestrutivos, até sintomas físicos, como alergias severas, sono excessivo, dores no corpo, tremores, taquicardia…

Você já deve ter ouvido falar de auto sabotagem. A mente doente nos impede de ter um  desenvolvimento saudável, e na vida profissional e/ou afetiva, é comum colocarmos barreiras mentais inconscientes que nos fazem tropeçar ao longo do caminho.

Algumas pesquisas chegam a relacionar o estresse crônico, a ansiedade e a depressão com o desenvolvimento de cânceres.

O que é psicoterapia?

Psicoterapia é um processo terapêutico com objetivo é restabelecer a saúde mental de indivíduos, casais e grupos de pessoas.

Na medicina, as terapias são referidas como um tipo de cuidado. A fisioterapia, por exemplo, é o cuidado oferecido a uma parte do corpo lesionada.

A palavra psicoterapia tem origem no grego e é formada pela junção de duas palavras: psykhé significa mente, já therapeia é ato de curar ou restabelecer algo que foi perdido.

Normalmente, o que nos leva à terapia é a perda de nossa autonomia, e é importante frisar que o objetivo do psicoterapeuta é justamente devolver ao paciente sua autonomia perdida.

Desequilíbrios de cunho mental e emocional afetam todo nosso organismo, e é por isso que a psicoterapia é tão importante.

Uma mente em desequilíbrio pode gerar desde problemas sociais, comportamentos ansiosos e autodestrutivos, até sintomas físicos, como alergias severas, sono excessivo, dores no corpo, tremores, taquicardia…

Você já deve ter ouvido falar de auto sabotagem. A mente doente nos impede de ter um  desenvolvimento saudável, e na vida profissional e/ou afetiva, é comum colocarmos barreiras mentais inconscientes que nos fazem tropeçar ao longo do caminho.

Algumas pesquisas chegam a relacionar o estresse crônico, a ansiedade e a depressão com o desenvolvimento de cânceres.

Como a terapia funciona?

A um primeiro olhar, a terapia parece algo intangível, exatamente por ser um serviço prestado e não um medicamento ou objeto palpável.

Isso acaba fortalecendo a insegurança de muitos. Mas não é assim tão enigmático quanto parece.

A psicoterapia é um tratamento colaborativo, entre psicólogo e paciente, com diversas linhas de tratamento.

Sua principal ferramenta é a fala, a conversa. Isso reforça para a maioria das pessoas o estereótipo do psicanalista clássico, que ouve seus problemas e rabisca coisas secretas em um bloquinho.

Fazem umas boas décadas que não é bem assim.

O ambiente da terapia deve ser acolhedor, e a postura do psicoterapeuta deve ser objetiva e neutra. Cabe a ele ouvir sem julgamentos, identificar as causas, padrões e comportamentos que vem impedindo o paciente de ter uma vida mais feliz e saudável.

O psicoterapeuta não vai tirar essas conclusões com base em achismos. São aplicados protocolos e testes desenvolvidos por profissionais e acadêmicos que visam fazer essa identificação dos problemas de forma mais objetiva, tirando o máximo proveito de cada sessão.

Varia de acordo com a linha terapêutica de cada psicólogo, mas muitos aplicam os protocolos de forma discreta, para que o paciente não se sinta intimidado ou perca a linha de raciocínio. Isso pode dar a algumas pessoas a sensação de que ele está apenas ouvindo.

Ir ao psicólogo é diferente de ir a uma loja de brinquedos ou ao médico. A felicidade, as respostas para seus problemas, não são coisas que se pode comprar em uma farmácia ou em uma gôndola de supermercado.

O psicoterapeuta vai ajudar você a compreender sua própria mente. Identificar onde nasceram os traumas, medos, as raízes dos comportamentos e pensamentos nocivos que te levaram a terapia.

Portanto, é primordial ao buscar um psicoterapeuta estar comprometido consigo mesmo e aberto para desenvolver um vínculo terapêutico.

Dentro do processo psicoterápico, dependendo do caso, pode ser que o terapeuta lhe passe tarefas a serem executadas e compromissos durante a semana.

Essas tarefas devem ser levadas a sério, da mesma forma como se levaria uma prescrição de medicamentos feita por um médico.

Ao ter uma infecção, se não tomar o antibiótico, possivelmente não irá melhorar, aliás a tendência é que o quadro clínico se agrave, concorda?

Ao não levar a sério o tratamento durante a psicoterapia, seu estado de saúde mental permanecerá adoecido. Permanecendo no mesmo estado emocional, sem evolução.

Mas todos sabemos que é muito, mas muito mais fácil tomar medicamentos e esperar seus efeitos do que respirar fundo e realizar novas tarefas ativamente, incluindo aquelas que nos são desconfortáveis e desconhecidas, e é por isso que psicoterapia não é algo tão simples quanto tomar um remédio.

Fazer terapia exige coragem para olhar para dentro de si, e às vezes ver coisas que não gostamos ou que nos dão medo.

Essas memórias e sentimentos tendem a aflorar nos piores momentos, se forem mantidas onde estão, vão continuar incomodando e impedindo a sua felicidade.

Dentro de uma sessão de terapia, é o melhor lugar para cutucar esses monstros e trazê-los para a luz.  Você não estará sozinho, pelo contrário, está na companhia de uma pessoa realmente treinada e que estudou muito para te ajudar.

Quanto tempo dura a psicoterapia?

Sobre a duração de um tratamento psicológico, é importante destacar que cada pessoa e demanda tem o seu tempo de desenvolvimento.

Nós da equipe Terapia na Web, já adiantamos que a nossa perspectiva de trabalho não prevê um vínculo que dure anos e anos, com sessões semanais.

Porém cada caso é único. Se pensarmos que a nossa mente é como uma casa que habitamos, haverão pessoas que só precisam arrumar a mesa de jantar, outras, precisam arrumar a sala de jantar, e por fim, tem gente que precisa arrumar vários cômodos ou até mesmo toda a casa.

Duração da Psicoterapia

Como funciona a terapia online?

Para fazer terapia online, você precisa de um terapeuta que atenda online. Devido a pandemia de Covid-19, essa prática se tornou muito mais comum e acessível.

Você também vai precisar de uma boa conexão de internet e um dispositivo eletrônico com câmera frontal, pode ser um celular, tablet, notebook e até mesmo um computador desktop com webcam.

As sessões são feitas via videochamadas, podem ser pelo WhatsApp, Google Meet, Skype, ou sites de videoconferências que permitam que duas pessoas conversem sem serem interrompidas ou observadas/ouvidas.

Falando em privacidade, você vai precisar de um local em que você possa fechar a porta e não ser incomodado durante a sessão.

Se você mora com outras pessoas, é muito importante que elas respeitem o seu momento de terapia, que não fiquem bisbilhotando ou interrompendo.

Mas acima de tudo é importante colocar para si mesmo, que o momento da terapia é de autocuidado, mais que um compromisso com o psicólogo, é um compromisso com você mesmo.

A terapia online é segura?

Sim, fazer terapia online é seguro, contanto que se observe alguns pontos.

Confira as qualificações de seu terapeuta. Você pode consultar o número de sua licença no Cadastro Nacional de Psicólogos, esse número deve estar estampado nos cartões de visitas, mas você pode solicitá-lo a fim de confirmar a veracidade do registro.

É importante confirmar se esse profissional está realmente habilitado a prestar atendimento, como em todas as áreas, podem haver charlatões.

Observe se o local em que está durante a sessão é seguro, certifique-se do isolamento acústico e de que não será interrompido.

Certifique-se que seu smartphonenotebook ou dispositivo eletrônico usado esteja seguro, sem vírus espiões ou programas de monitoramento, muito comuns em máquinas de uso corporativo.

Se sua sessão de terapia for no intervalo do seu trabalho, em sua sala ou escritório, avise aos colegas que não deve ser interrompido e opte por usar seu celular ou seu próprio computador.

Ter seu dispositivo eletrônico hackeado, seria o equivalente a estar em uma sessão de terapia presencial e alguém mal intencionado estar escutando o tempo todo atrás da porta.

Apesar de todas essas recomendações, não deixe que isso te impeça de buscar sua felicidade.

Se seu receio de que isso aconteça é muito grande, assista esse vídeo do nosso canal e antes de iniciar seu tratamento, consulte um especialista em informática para se certificar que seu computador está limpo.

E fique tranquilo, seu terapeuta não pode revelar informações pessoais suas, salvo em casos em que ele tenha motivos para acreditar que você possa colocar sua vida ou de outras pessoas em risco.

Neste caso, ele irá acionar seu contato de segurança. Esse contato é fornecido pelo próprio paciente ao iniciar o tratamento, podendo ser um familiar ou amigo próximo.

Quais as limitações da terapia online?

A terapia online tem algumas limitações. Não conseguimos atender corretamente pessoas com quadros mais graves, como por exemplo esquizofrenia.

Nesses casos, sugerimos que busque o Centro de Apoio Psicossocial de sua cidade, o CAPS. Lá a pessoa terá o tratamento multidisciplinar necessário, além de grupos de apoio e a assistência para a família.

terapia online infantil também não é possível, já que em alguns momentos precisamos trabalhar com o lúdico (brinquedos) durante a sessão, e ainda não encontramos uma maneira eficaz de fazer isso online.

Outro ponto que dificulta o atendimento infantil, é a possibilidade de não conseguir ter o controle da atenção da criança durante a sessão.

Por isso, indicamos a terapia online para crianças acima de 13 anos, desde que haja a autorização dos pais.

Dependendo da maturidade da criança é sim possível que se realize online, porém para adolescentes, mesmo que opte pela terapia online, recomendamos que procure um psicólogo de sua cidade.

Se o seu caso é urgente, recomendamos que procure um profissional local. Podem ocorrer emergências e ter um espaço físico para o atendimento pode ser necessário.

Caso você não tenha condições financeiras para pagar pela terapia, existem atendimentos públicos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), o famoso postinho, nos CAPS e nas Clínicas Escolas. Toda faculdade que contenha o curso de Psicologia, como bacharelado, terá atendimentos gratuitos pelos alunos estagiários do 5º ano.

Devo fazer terapia online?

Pessoa em dúvida se deve fazer terapia online

Se você está passando por um momento difícil, se sente infeliz, ansioso ou tem algum problema emocional que precisa de atenção, sim!

A Psicologia tem se adaptado e conseguido acompanhar os avanços tecnológicos e as demandas da atualidade.

A vida moderna tem nos deixado mais doentes mentalmente do que nunca, e a terapia online tem sido uma solução eficaz para a maioria das pessoas que nos procuram.

Nossos clientes costumam se surpreender no final da primeira sessão, principalmente aqueles que já haviam feito sessões presenciais com outros profissionais em algum momento.

Temos vários relatos dos pacientes se sentirem confortáveis e de perceber que não é necessário estar na mesma sala que o profissional para se criar um vínculo terapêutico e ter um bom trabalho psicológico.

Nós psicólogos trabalhamos com o discurso do paciente, escutando sua história e vendo suas reações ao contá-las. A videochamada nos permite acessar essas informações do prontuário com discriçãosem que o paciente se distraia ou perca a linha de raciocínio.

Portanto, se você está em sofrimento e precisa de ajuda, por favor, busque ajuda profissional.

Sabemos que é difícil pedir ajuda . Ainda existe o pensamento de que isso é um sinal de fraqueza, mas acredite, você não faz ideia do quanto é corajoso e admirável se abrir e falar que não está bem.

Terapia na Web é um grupo de psicólogos qualificados para os mais diversos casos, somos especialistas em terapia online e também atendemos presencialmente em Maringá/PR.

Caso tenha se interessado por fazer terapia online conosco, entre em contato. Você pode mandar um e-mail para contato@terapianaweb.com.br ou clicar aqui para falar com a gente diretamente pelo WhatsApp.

Se gostou do nosso conteúdo, leia outros artigos do nosso blog, conheça também nosso canal no YouTube e siga no Instagram, estamos sempre postando novidades por lá.

Por fim, se você conhece alguém que precisa de ajuda e que esse artigo possa ser útil, compartilhe, você pode estar salvando a vida de alguém ou contribuindo para que alcance uma vida mais tranquila e autônoma.

Muito obrigado!

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

Clique para

Conheça nosso trabalho nas redes sociais.

Tem alguma sugestão de tema?

Por acaso procurou um post sobre algum tema e não encontrou, então entre em contato e nos diga qual foi! Vamos reunir a equipe para apresentá-lo o mais rápido possível.

Entrar em contato